O troféu que não fez esquecer

Fonte: Catarina Morais (maisfutebol.pt)

A Liga e a organização fizeram um esforço enorme para dar importância a este troféu, a transmissão televisiva e o aparato na entrega da Taça assim o demonstravam. Contudo, os adeptos “não foram na cantiga” e a reportagem com os adeptos que a SIC fez tornou-se num coro de críticas a Jorge Jesus e a Luís Filipe Vieira. Esta Taça da Liga não faz esquecer uma temporada que os adeptos benfiquistas acham que não foi suficiente.

O jogo foi como o tínhamos previsto, o Benfica assumiu as rédeas do jogo e o Gil Vicente muito bem organizado atrás procurando no contra-ataque fazer estragos na defesa benfiquista. Sempre Hugo Vieira, talvez demasiado sozinho na área.

As águias embora tivessem a posse de bola criaram poucas ocasiões de perigo nos primeiros trinta minutos, Maxi poderia ter feito o primeiro depois de um grande passe de Capdevilla (que dá mais consistência defensiva ao flanco esquerdo) que foi salvo por Adriano.

Matic que jogou no lugar de Javi Garcia esteve bem em tarefas defensivas e evitou por duas vezes o golo do Gil antes que Rodrigo adiantasse as águias no marcador no minuto 30. Cruzamento ao 2º poste de Bruno César com a bola a perder altura e Rodrigo já em desequilibro encosta para fazer o 1-0. A 1ª parte acabou num ritmo frenético com oportunidades para ambas as equipas, mas o marcador permaneceu inalterado.

Na 2ª parte e com a entrada de Gaitan e Cardozo para o Benfica e com Luis para o Gil, foram agitando o jogo criando diversas oportunidades. O Benfica não aproveitou as poucas oportunidades que teve e o Gil foi procurando a disputa de bola, saindo rápido no contra-golpe e no minuto 79, Luís finaliza de maneira fantástica e faz o 1-1.

O jogo recomeçava, mas Saviola acabado de entrar aproveita um ressalto duma defesa de Adriano a um remate de Witsel e remata para uma baliza aberta para fazer o 2-1.

O Benfica embora não tenha feito um grande jogo, pode-se considerar um justo vencedor do troféu que o levanta pela 4ª vez consecutiva. Destaque para o Gil Vicente, muito sólido defensivamente e com bastante talento na equipa.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s