O Bayern de Munique

O Bayern está numa fase decisiva da época, depois de ter dito adeus á Bundesliga na passada semana com a derrota frente ao Dortmund e com o empate em casa, disputa a Taça da Alemanha com o mesmo adversário. Para apimentar mais as coisas encontra de novo o máximo rival europeu, o Real Madrid, com quem se enfrentou em todas as décadas desde 1970.

Na Bundesliga são bastante irregulares, ou goleiam e jogam de forma demolidora ou arrancam vitórias pela margem mínima jogando mal. Heynckes também foi rodando a equipa, de forma a manter os jogadores frescos para a Liga dos Campeões. E pode-se dizer que chegam em boa forma para defrontar o Madrid de Cristiano Ronaldo.

Jupp Heynckes joga num 4-2-3-1, com laterais ofensivos e dois centrais adaptados, á frente 2 médios centros com uma linha de 3 onde se gera todo o jogo e um numero 9 clássico, um jogador que converte em golos todo o jogo produzido. O sistema está bastante consolidado.

Baliza

Neuer, este gigante de 1,94m, agarrou o posto desde que Kahn se retirou. Apesar da sua altura, não é muito bom em bolas paradas e excelente entre os postes.

Defesa

É sem dúvida o ponto mais fraco deste Bayern. Actualmente os titulares são Lahm (LD), Boateng e Badstuber (DC) e Alaba a lateral esquerdo. Tanto Boateng como Badstuber são muito lentos, talvez por serem adaptados e depois das experiências falhadas com Van Buyten e Breno. Tem bom jogo aéreo, mas não saem muito com a bola controlada.

Nas laterais, Lahm não está no seu melhor momento apesar de subir e ajudar Robben nas tarefas ofensivas, mas sofre muito nas tarefas defensivas. Alaba foi uma boa aposta a lateral esquerdo, bastante rápido e centra bem.

Meio Campo

Dois titulares indiscútiveis: Bastian Schweinsteiger e Luiz Gustavo. Bastian é bem conhecido, destaca

pelo físico e pelo remate potente, também foi melhorando o posicionamento e o passe. Luiz Gustavo é um canhoto de boa qualidade técnica, dependendo de quem joga a seu lado joga como um médio de contenção (Schweinsteiger ou Kross) ou como um médio mais criativo com Tymoshuck.

Kroos é bastante irregular. Joga pela direita ou pelo meio e destaca-se por subir muito e pelo seu remate de fora da área. Tymoshuck é um médio de contenção, bastante limitado tecnicamente.

Linha de três

Aqui reside o perigo e o talento do Bayern. Robben, Ribery e Muller.

Robben que joga pelo centro costuma descair para a direita para procurar o remate de fora com o pé esquerdo ou para dobrar Muller ou Lahm. Já Ribery gosta mais de ir á linha, joga pelo flanco esquerdo e combina bem Mário Gomez.

Muller tende a jogar pela direita, mas uma ou outra vez já jogou no meio. Combina muito com Robben e as diagonais que fazem são muito perigosas. É um jogador de uma técnica extraordinária.

Ataque

Esta posição tem um dono. O “comboio sem travões” Gomez é um goleador nato e culmina todo o jogo do Bayern.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s