“Os demónios da inveja”

De Pelé a Maradona, de Cruyff a Beckenbauer, as lendas do futebol sempre foram menores que o seu próprio ego. Todos se sentem importantes, espécies de divindades do desporto rei. Cristiano Ronaldo não é excepção, o português nunca escondeu que gosta da ribalta e de ser o foco de todas as atenções, no legado do Olimpo do futebol.

Messi pelo contrario, foge a esse paradigma, inconsciente do que lhe aconteceu parece que sai para os grandes palcos como se ainda fosse um miúdo que joga num campo de terra batida. Segue a filosofia da Masia. Tito Vilanova explica “aqui ensinam-se os miúdos o que é o Barça e como jogar pelo e para o Barça”

A existência de Messi explica a “fome” de Cristiano, sem ele talvez CR7 nunca bateria os recordes e as exibições estratosféricas que tem assinado esta temporada. Contudo, os críticos exigiam-lhe essas exibições contra o eterno rival. Sábado passou no exame com nota máxima.

“Calma, que estou aqui”. O gesto foi inequívoco, depois do golo que decidiu o jogo e o campeonato, o ego de Cristiano transbordou como numa espécie de chapada de “luva branca” a quem tanto o criticou.

Criticas infundadas, quanto a mim, já que os números de Cristiano são de outro mundo, para que tenha uma ideia: Ronaldo “o fenómeno” marcou 103 golos em 5 temporadas, o português leva 140 em apenas 3.

Mourinho fê-lo melhor, os provocadores incentivam-se mutuamente. Com Messi a tirar-lhe o protagonismo e a fazer-lhe sombra durante 3 anos, Ronaldo nunca desistiu e trabalhou cada dia para ser o melhor. Jon Carlin, um dos melhores escritores de futebol disse em Dezembro de 2011: ” Apesar de ter menos talento inato, Rafa Nadal joga contra Federer sem que lhe atormentem os demónios da inveja. Isto é o que deveria fazer CR com Messi“. Acertou em cheio.

Cristiano foi evoluindo futebolisticamente e psicologicamente, até chegar ao nível do argentino. Contudo ainda lhe falta o grande exame. Munique decidirá o trono!

One comment on ““Os demónios da inveja”

  1. comentarista diz:

    coitado dele( cr7) ! inveja é um sentimento muito frustrante:(

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s