Como chega a Holanda ao Euro 2012?

A Holanda será o terceiro e último adversário de Portugal na fase de grupos do Euro 2012 e o confronto entre a selecção nacional portuguesa e a “laranja mecânica” poderá marcar o fim de linha para uma das selecções (ou mesmo para as duas).

Quando, no próximo dia 17 de junho, pelas 19:45, no Estádio Oblast Sports Complex Metalist, em Kharkiv (Ucrânia) se der início ao escaldante Portugal – Holanda já muito do futuro das duas selecções que integram o “grupo da morte” estará definido e este jogo poderá ser, desde logo, o primeiro “mata-mata”, mesmo antes de se iniciarem as eliminatórias propriamente ditas.

Mas quem é esta Holanda que se apresentará no Euro 2012? Começando por analisar a fase de qualificação para a prova, facilmente se conclui que foi bem mais tranquila que a da selecção lusa e, só uma derrota na última partida, quando já estava apurada para o Europeu, frente à Suécia por 3-2, impediu que fizesse o pleno de vitórias, algo só conseguido pela Alemanha (outra equipa que estará no Grupo B) e pela campeã Espanha (sendo que os alemães realizaram 10 jogos e os espanhóis apenas 8). Os números da caminhada rumo ao Euro não deixam dúvidas, e os 37 golos apontados pelos holandeses (melhor ataque de toda a qualificação) são um belo cartão-de-visita para todos os seus adversários. Se a este fato juntarmos um outro (o da lista de artilheiros), compreende-se que, no Top-10 dessa lista surgem 3 jogadores holandeses: os 12 golos apontados por Huntelaar (em 8 jogos) fazem do avançado do Schalke04 o melhor marcador, seguido dos 6 de van Persie e Dirk Kuyt. Estes 3 jogadores fizeram, por exemplo, mais golos que mais de 90% das selecções (incluindo Portugal) que participaram na fase de grupos de apuramento, apenas batidos pelos 34 da Alemanha, 31 da Suécia e 26 da Espanha.

E, se estes números, podem ter sido inflacionados pela presença da frágil selecção de São Marino no grupo da Holanda (vitórias por 0-5 e 11-0), o que dizer da presença desta selecção no último grande evento desportivo de selecções, o Mundial de 2010 na África do Sul, onde apenas caiu na final perante a Espanha com um golo já em pleno prolongamento. Aí, com uma selecção que não anda muito longe da actual, os holandeses venceram todos os jogos até chegar à final, batendo a Dinamarca (novamente no mesmo grupo que holandeses) por 2-0 no jogo inaugural do grupo, o Japão (por 1-0) e os Camarões por 2-1. Nos quartos-de-final os holandeses bateram o Brasil por 2-1 e, em mais um grande jogo, o Uruguai, nas meias-finais, por 3-2.

Comparando a actual convocatória de Bert van Marwijk (que já em 2010 estava à frente do banco holandês) com a do último Mundial, é fácil de encontrar vários pontos em comum: começando pela baliza, dos três guarda-redes chamados, só Sander Boschker (actualmente com 41 anos) ficou de fora, tendo sido chamado para o seu lugar o “jovem” Tim Krul (Newcastle) mas as redes holandesas deverão continuar entregues ao “gigante” Maarten Stekelenburg que, aos 29 anos, e após um ano em Itália (na Roma) estará a atingir o pleno da maturidade que se exige para um guarda-redes.

Dos sete defesas chamados para o Euro2012 (Gregory van der Wiel, John Heitinga, Joris Mathijsen, Wilfred Bouma, Ron Vlaar, Jetro Willems e Khalid Boulahrouz) quatro estiveram na África do Sul sendo Wilfred Bouma, Ron Vlaar, Jetro Willems as novidades para este Europeu, mas é do meio-campo para a frente que surgem os grandes nomes da selecção holandesa: jogadores como Sneijder, van der Vaart, Huntelaar, van Persie e Robben darão, certamente, muito que falar.

Dos sete médios que marcarão presença no Euro2012 (Mark van Bommel, Nigel de Jong, Wesley Sneijder, Stijn Schaars, Kevin Strootman, Ibrahim Afellay e Rafael van der Vaart) apenas Kevin Strootman não esteve no último Mundial, tendo saído dessa lista o veterano Giovanni Christiaan van Bronckhorst (que se retirou logo após o último Mundial) e Demy de Zeeuw pelo que a experiência acumulada por uma linha média composta por jogadores cuja média de idades ronda os 28 anos poderá ser decisiva nos momentos cruciais da competição.

Por fim, uma linha de ataque que impõe respeito! Dos 6 avançados convocados (Dirk Kuyt, Klaas-Jan Huntelaar, Arjen Robben, van Persie, Luuk de Jong e Luciano Narsingh), quem nunca ouviu falar nos 4 primeiros? Para além de serem eles os nomes que constavam na convocatória do Mundial 2010, Dirk Kuyt, longe de ser um goleador, marcou 6 golos na fase de qualificação para o Europeu e, aos 31 anos, deverá estar a participar no último Europeu da sua carreira. Huntelaar, foi “apenas” o melhor marcador da fase de apuramento (com 12 golos, melhor marcador do campeonato alemão com 29 remates certeiros e ainda segundo melhor artilheiro da Liga Europa com 10 golos, o que revela bem a sua capacidade goleadora. Ainda assim, não é garantido que faça parte das primeiras escolhas do seleccionador holandês, mais apreciador das qualidades de van Persie que, no final de uma grande temporada, tem meia Europa atrás dos seus serviços. E o interesse justifica-se não só pelos 6 golos que apontou na fase de qualificação, nem pelos 4 apontados na Liga dos Campeões, mas principalmente pelos 30 golos alcançados na Premier League, números que lhe valeram o título de melhor marcador do campeonato inglês. Por fim, Arjen Robben, o avançado do Bayern Munique que recentemente falhou uma grande penalidade na final da Liga dos Campeões mas que, e não sendo, de todo, um ponta-de-lança, apontou 12 golos no campeonato alemão e outros 4 na Liga dos Campeões.

Os outros dois avançados, dois “miúdos” de 21 anos, apresentam números interessantes, sobretudo Luuk de Jong que, ao apontar 25 golos no campeonato holandês ficou em 2º lugar na lista de melhores marcadores, a que juntou mais 5 na Liga Europa ao serviço do “seu” Twente. Luciano Narsingh apontou apenas 8 golos no campeonato e dificilmente terá oportunidade de brilhar neste Europeu.

Resta esperar que, frente a Portugal, estes jogadores não estejam “bem oleados” para que a “Laranja mecânica” não se torne amarga para a selecção lusa.

Texto de Francisco Baião

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s