Vivam os velhos

20120625-170719.jpg

Quando se está de partida, pouco interessa. Joga-se por prazer, sem pressão, para a nossa alma e para o ego.
A Andrea chamaram-lhe de tudo para cima de veterano perto da reforma, quando o seu antigo clube disse que não contava com ele para as batalhas vindouras. Como mudar de camisola em Itália não é um acto polémico e a Serie A não passa pelos seus melhores dias, a campanha da Juventus passou desapercebida. Isso pouco importou a Pirlo, que sabe perfeitamente do que é capaz. Nos campos da Ucrânia e Polónia onde o sofrimento e a adversidade são o prato do dia, ele fez questão de torna-los no seu próprio “parque de diversões”.
Joga sem pressão, sem o peso das crónicas de amanhã. Como Zidane, decidiu imortalizar-se num penalti. Todos o davam por acabado na terceira década da sua vida. Jogou com a calma necessária. Velho? Vivam os velhos!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s