Antevisão La Liga 2012/13

A apenas um mês do apito inicial, os clubes espanhóis vão ao mercado e tentam equilibrar as suas equipas, treinadores novos que tentam incutir o seu estilo de jogo e jogadores novos que se tentam adaptar o mais rápido possível, enfim, pré-temporada.

Antes de começar esta primeira previsão/análise ao campeonato espanhol, seria bom recordar alguns números da passada época. A nível colectivo, números recorde, o Real Madrid alcançou os 100 pontos em 114 possíveis, marcou 121 golos em 38 jogos, venceu em Camp Nou e sagrou-se justo campeão. A nível individual, 50 golos numa época, 50 golos, isso mesmo, a obra prima é do astro argentino, Messi. Cristiano Ronaldo tão pouco ficou atrás e bateu o seu recorde com 46 golos. Impossível de bater?Pois veremos, nem os mais cépticos do mundo do futebol arriscam um prognóstico negativo em relação a estes dois astros que tudo farão para bater as estatísticas.

Real Madrid e Barcelona continuam a ser os favoritos destacados para vencer a próxima época, a única novidade é mesmo o facto do Real Madrid, ter conquistado uma posição que lhe permite ser considerado como grande favorito a vencer a prova.

Os Merengues contam para esta época, com a mesma equipa técnica, a mesma estrutura e com alguns possíveis reforços como Modric ou Javi Martinez, contando apenas com 4 baixas previstas, Altintop, Gago, Drenth e Pedro León. Mourinho já traçou o objectivo principal da época, a décima Liga dos Campeões. A equipa procura um defesa direito e um médio centro, deixando muitas dúvidas em relação à possível saída de Kaká. Veremos durante estes próximos dias a movimentação dos madrilenos no mercado.

O Barcelona com novo treinador, aposta na continuidade do fabuloso tiki-taka e para isso colocou Tito Vilanova como treinador principal. Jordi Alba foi a única contratação até ao momento. A revelação do passado europeu dá mais força e velocidade a um sector debilitado, equilibrando assim o jogo ofensivo e defensivo da equipa blaugrana. David Villa, é a grande “novidade”, o avançado que tanta falta fez a Guardiola está de regresso e com fome de golos, é sem dúvida a grande “contratação” da equipa de Tito.

O Valência tem novo treinador, Pellegrino, antigo jogador, conhece bem a casa e prometeu trabalho e dedicação a um clube que respeita. Neste momento já conta com 3 reforços, o português João Pereira, o mexicano Guardado que fez uma excelente época ao serviço do Deportivo e Jonathan Viera vindo do Las Palmas. A boa noticia para o treinador Che foi a renovação do melhor marcador da equipa da passada época, Soldado, e a pior noticia a saída do todo terreno Jordi Alba.

O Málaga conta praticamente com a mesma equipa, a saída de Van Nistelrooy retirando-se do futebol é talvez o único nome importante a abandonar a equipa. Pelegrini continua à procura de reforços seguindo uma enorme lista de candidatos, sendo eles, Kjaer (Wolfsburgo), Adebayor (Manchester City), Borja Valero (Villarreal), Dzeko (Manchester City), Berbatov (United), Huntelaar (Schalke), Negredo (Sevilla), Bendtner (Sunderland), Jonathan Dos Santos (Barcelona B).

Atlético de Madrid e Athletic de Bilbao prometem uma época mais competitiva e mais regular prometendo um lugar mais honroso na classificação.

O Atlético de Madrid, começou a passada época de uma forma desastrosa com o técnico Manzano, mas desde a chegada do treinador argentino Simeone as coisas mudaram para melhor, acabando mesmo por ganhar a Liga Europa. Falcão, o grande nome da equipa, promete bater o seu recorde de 24 golos marcados na passada época e fazer história na equipa colchonera.

O Athletic de Bilbao continua com o seu mentor Marcelo Bielsa, que ameaçou sair após alguns desentendimentos com a direcção. A equipa orientada pelo argentino continua com a mesma estrutura e praticamente com os mesmos jogadores, não havendo nenhuma saída importante a registar. Tudo indica que em relação ao ano transacto, o Athletic consiga mais regularidade e capacidade de subir na tabela classificativa.

Osasuna, Espanhol, Levante e Maiorca, lutam por manter os seus jogadores mais importantes e por conseguir uma equipa competitiva que lhes permita repetir o excelente campeonato transacto.

Os de Pamplona já perderam Raul Garcia, a sua referencia de meio campo, mas seguem com praticamente com a mesma equipa.

O Espanhol, perdeu o talento de Coutinho e a força de Uche e Romaric, mas ganhou a experiência do central Colotto, pedido especial de Pochettino que deseja ganhar experiência na jovem defesa azul e branca.

O Levante perdeu a sua referencia no meio campo, veremos se o recém-contratado Pape Diop (ex. Racing Santander) consegue substituir o veterano Farinós. A grande noticia para os valencianos é a continuidade do avançado Koné.

O Maiorca aposta na continuidade do treinador e na sua estrutura de jogo, um futebol simpatico que contará este ano com o ex-capitão do Atletico de Madrid, Antonio Lopez, que deixa a capital espanhola após 10 anos como jogador colchonero. Substitui assim a saida do uruguaio Pablo Caceres. A equipa balear traça como objectivo para a nova época, a qualificação para a Liga Europa.

Getafe, Real Sociedad, Betis e Espanhol, tentam equilibrar as suas equipas.

O Getafe contratou Lafita, uma das grandes figuras do Saragoça que rejeitou uma renovação.  Até ao momento não se registam saidas importantes.

Na Real Sociedad, Vela é o nome destacado, que ao que parece se mantém na equipa de San Sebastian. Até ao momento não há grandes perdas na equipa basca.

Rayo Vallecano, Saragoça e Granada, as três equipas com mais transferências até ao momento.

O Rayo, que na última temporada se salvou por milagre, conta com novo treinador, Paco Jémez. O ex-treinador do Cordoba conseguiu levar a equipa andaluza aos playoffs de acesso à primeira liga. A grande perda até ao momento foi a saída de Diego Costa que regressa ao seu clube Atletico de Madrid, o avançado foi uma referencia durante todo o campeonato marcando 10 golos e assistindo para golo 9 vezes. Veremos se o Rayo consegue resgatar novamente Diego porque até ao momento não há nenhum nome que consiga manter a referencia atacante.

O Saragoça foi até ao momento, o terceiro clube com mais movimentação no plantel. O excelente esforço no final do passado campeonato foi compensado com uma manutenção que apesar de sofrida, deu força e uniu o plantel. Certamente que quererá começar de outra forma e para isso está bastante ativo no mercado, contudo até ao momento não se registam contratações importantes.

O Granada é a equipa com mais movimentações no plantel, saem 10 jogadores e o treinador Abel, entrando 16 caras novas e o novo treinador, Anquela. O ex-treinador do Alcorcón levou milagrosamente a equipa de Madrid aos playoffs de acesso à primeira liga. A saída de Carlos Martins será talvez a grande baixa do Granada, o clube perde referencia e número 10 no meio campo. Com a saída de Julio Cesar, o clube garantiu a entrada do guarda-redes Toño (ex-Racing Santander). De Itália veio um “pack” de 7 jogadores da Udinese, veremos se algum se evidencia no plantel de Anquela.

Deportivo, Celta e Valladolid acabam de subir à primeira divisão. Três clássicos do futebol espanhol que darão outro brilho a este campeonato, representando no escalão mais importante o futebol de regiões como Galiza e Castilla-Leon.

O Deportivo já garantiu a contratação de Evaldo e André Santos (Ex-Sporting) e o empréstimo de Pizzi (Atletico) e Salomão (Sporting). Estaremos por isso, muito atentos ao clube galego, a fim de acompanhar estas jovens promessas portuguesas. Ao que parece, Alberto Rodriguez não passou os exames médicos e por isso regressa a Alvalade. Quanto a saídas, Colotto e Guardado são as grandes perdas, foram jogadores importantes no estilo de jogo da passada época e que até ao momento o Deportivo não conseguiu substituir.

O Celta apresenta  a mesma estrutura, sem grandes saídas nem grandes entradas. Uma equipa que certamente criará bastantes problemas principalmente em Balaídos.

Por fim o Valladolid, a última equipa a conseguir a subida de escalão, uma equipa lutadora mas com poucos recursos. Sem nenhuma contratação em especial, veremos se esta equipa se consegue manter na primeira liga espanhola.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s